Festa junina – A origem da quadrilha

festa junina

 

Olá mia gentiii…

Chegô o meis das festa junina e ôceis sabi como foi que começô a quadria???

Oia aí o texto da Lucia Helena Vitalli Rangel nos contano como foi…

Também chamada de quadrilha caipira ou de quadrilha matuta, é muito comum nas festas juninas. Consta de diversas evoluções em pares e é aberta pelo noivo e pela noiva, pois a quadrilha representa o grande baile do casamento que hipoteticamente se realizou.

Esse tipo de dança (quadrille) surgiu em Paris no século XVIII, tendo como origem a contredanse française, que por sua vez é uma adaptação do country dance inglesa, segundo os estudos de Maria Amália Giffoni.

A quadrilha foi introduzida no Brasil durante a Regência e fez bastante sucesso nos salões brasileiros do século XIX, principalmente no Rio de Janeiro, sede da Corte. Depois desceu as escadarias do palácio e caiu no gosto do povo, que modificou suas evoluções básicas e introduziu outras, alterando inclusive a música.

A sanfona, o triângulo e a zabumba são os instrumentos musicais que em geral acompanham a quadrilha. Também são comuns a viola e o violão. Nossos compositores deram um colorido brasileiro à sua música e hoje uma das canções para dançar é Festa na roça, de Mario Zan.

Festa na Roça – clique aqui para ouvir a música

(…) Hoje, dança-se a quadrilha apenas nas festas juninas e em comemorações festivas no meio rural, onde apareceram outras danças dela derivadas, como a quadrilha caipira, no Estado de São Paulo, o baile sifilítico, na Bahia e em Goiás, a saruê (combina passos de quadrilha com outras danças nacionais rurais e sua marcação), no Brasil Central, e a mana-chica (quadrilha sapateada) em Campos, no Rio de Janeiro.

A quadrilha é mais comum no Brasil sertanejo e caipira, mas também é dançada em outras regiões de maneira muito própria, caso de Belém do Pará, onde há mistura com outras danças regionais. Ali, há o comando marcador e durante a evolução da quadrilha dança-se o carimbó, o xote, o siriá e o lundum, sempre com os trajes típicos.

Trecho retirado do livro: Festas juninas, festas de São João: origens, tradições e história, 3ª edição, Publishing Solutions, 2008. ISBN 978-85-61653-00-2. Patrocinado pela Yoki Alimentos S/A

Gustei dimais da expricassão dela… e ôceis??

Beijus

 

Pudim de Canjica #festajunina

Olá pessoal,

Já tinha comentado com vocês que fui gravar um vídeo de receita de festa junina?

Eu sei que estamos quase no fim de julho, mas ainda dá tempo fazer a receita. :)

O pudim fica delicioso e não precisa ser só oferecido em festa junina, né? Quem não gosta de um docinho fora de hora?

É só clicar no link e assistir ao vídeo. :)

Pudim de canjica

Ingredientes

1 xícara (chá) de CANJICA CRISTAL YOKI

6 xícaras (chá) de água

1 xícara (chá) de leite de coco

1 lata de leite condensado

2 colheres (sopa) de FARINHA DE ROSCA YOKI

½ xícara (chá) de coco ralado

1 colher (chá) de baunilha

1 xícara (chá) de leite

1 colher (sopa) de FÉCULA DE BATATA YOKI

6 ameixas

Modo de preparo

Deixe a canjica de molho de um dia para o outro. Cozinhe na panela de pressão com 6 xícaras de água, cerca de 40 minutos.
Escorra e bata no liquidificador com o leite de coco, o leite condensado, a farinha de rosca, o coco ralado, a baunilha e a fécula de batata dissolvida no leite.
Leve ao fogo durante 10 minutos. Caramelize em forma de pudim e decore o fundo com as ameixas. Despeje a massa e leve para gelar. Desenforme e sirva.

Dica: se preferir substitua a ameixa por pé de moleque triturado.

fonte: www.festajunina.com.br #festajunina

Experimentem!

bjs

Arraiá da Deliciando

bandeirinhas2

E aí, pessoar? Tudo bão cocêis?

Comigo tá bão demais da conta, sô!

Esse mêis de junho é de muita festa, cantorias, gente dançando quadrilha e “comenu” muitcha comida boa. Eita tempinho bão pra comerrr tudo que a Deliciando faz!…

Mas toda essa festança tem uma origem, vocêis sabem como tudo isso começô???

Nesta semana, fui numa gravação lá na cozinha da Yoki e foi super legar e ganhei um livro que conta a origem da quadrilha, os trajes usado, como apareceu as dança, os jogo, as música e principalmente as comida, uai! Eita laiá!…

Cozinha da Yoki

Cozinha da Yoki

Aí, decidi sortear um docêis pra ganhar, que tar?

livro-de-festas-juninas

Livro: Festas Juninas - Festas de São João: origens, tradições e história por Lúcia Helena Vitalli Rangel, Publishing Solutions, 2008.

É só seguir nóis no “tuiti” @deliciando, dá um tar de RT com a frase “Quero ganhar o livro que a Deliciando está sorteando” #festajunina e contá aqui no blog um causo engraçado que aconteceu na sua festa junina. Os “causo” devem ser contados até o dia 30.06.2011. :)


É isso aí pessoar, venha participá do nosso arraiá!

Espero vocêis!